O SUBMARINO que NAUFRAGOU 3 VEZES

publicidade

Um submarino, basicamente, é uma embarcação especializada para operar submersa, abaixo da superfície marítima. Essa invenção permite a determinado grupo não só lutar em uma batalha, mas também viver durante um longo tempo abaixo da superfície. Por ser considerado um dos maiores inventos da história militar, é certo dizer que esse meio possui inúmeras histórias espalhadas por aí. Inclusive, para quem gosta do assunto, é hora de conhecer a história do submarino que naufragou três vezes.

publicidade

Contexto histórico do submarino

Para conhecer a história do submarino que naufragou três vezes é preciso retornar ao ano de 1861 – período que estava começando a Guerra Civil Americana. Contextualizando, naquela época, os estados do sul dos Estados Unidos – os Confederados – queriam se separar do resto do país – a União.

Esse conflito estava acontecendo porque justamente esses estados – os Confederados – queriam continuar usando mão de obra escrava, e a União, que era liderada pelo presidente Abraham Lincoln, tinha ideias abolicionistas.

Depois de um ano de guerra, a situação para os Confederados estava ficando cada vez mais complicada. Isso porque, a União tinha feito um bloqueio marítimo com mais de 150 navios em volta dos estados do sul para não deixar chegar mantimentos vindos da Europa naquela região.

Desesperados, os Confederados começaram a contratar piratas e mercenários para furar o bloqueio. Ainda nesse período, esse grupo chegou a oferecer até 50 mil dólares para quem conseguisse afundar um navio adversário.

Construção do submarino

Foi então que um advogado chamado Horace Hunley, que era do Tennessee, estado americano da região sul, ficou interessado por essa recompensa e se juntou com alguns engenheiros navais para construir um submarino e tentar afundar os navios da União sem ser detectado.

O primeiro protótipo se chamava Pioneer e começou a ser construído em Nova Orleans. No entanto, a cidade foi invadida e, por isso, foi necessário naufragar o submarino para que a União não descobrisse o que estava acontecendo e sendo desenvolvido pelo grupo.

Em seguida, os Confederados começaram a construir um segundo submarino no Alabama. Mas, o mesmo afundou enquanto estava sendo rebocado no porto.
Apesar disso, o grupo era muito insistente e em 1863 eles construíram, enfim, o submarino que desejavam. A embarcação tinha 13 metros de comprimento, 1 metro de largura e apenas 1,20 de altura. Ele era formado por dois tanques de lastro – um na frente e outro atrás – um snorkel, duas escotilhas e um hidroplano.

O submarino comportava oito tripulantes. Na parte da frente ia o capitão – que conseguia enxergar pela vigia (janela) e saber para onde o submarino estava indo, além controlar o hidroplano e o leme – e atrás iam os outros sete tripulantes que faziam a propulsão do submarino.

O submarino que naufragou três vezes

Então, o general confederado da época, Pierre Beauregard, que queria liberar a cidade de Charleston, na Carolina do Sul – que estava completamente cercada pelos navios da União e sendo bombardeada sem parar – ficou sabendo da existência do submarino e resolveu utilizá-lo na missão.

A questão é que o submarino não tinha sido utilizado muitas vezes e alguns testes começaram a ser realizados…

Esses testes foram feitos no período da noite para não levantar suspeitas e, enfim, conseguir o aval para cumprir a função que ele tinha desde o início: bombardear um navio da União.

Mas, como em todo o seu desenvolvimento tortuoso, claro, que essa história não acabaria simples dessa forma. O que se segue a partir daí são muitas reviravoltas e acontecimentos que ficaram marcados na história.

Se você ficou curioso para descobrir o desfecho do submarino que naufragou três vezes, assista ao vídeo na íntegra e se surpreenda! Ah, já que chegou até aqui, não esqueça de compartilhar esse vídeo com aquele seu amigo que também ama uma boa história de aventura!

Fontes

Robert S. Neyland et al. (2016). “H. L. Hunley Recovery Operations”. Naval History and Heritage Command.
https://www.history.navy.mil/research/underwater-archaeology/sites-and-projects/ship-wrecksites/hl-hunley/recovery-report.html

Michael & Karen Crisafulli. “The Hunley”. Site recuperado em Agosto de 2021.
https://www.vernianera.com/Hunley/

Christopher Klein. (2014, Fevereiro). “The Hunley’s Daring Submarine Mission”. History Channel.
https://www.history.com/news/the-hunleys-daring-submarine-mission-150-years-ago

“H.L. Hunley sinks during tests”. (2009, Novembro). History Channel.
https://www.history.com/this-day-in-history/c-s-s-hunley-sinks-during-tests

“Sinking of USS Housatonic”. Wikipedia. Recuperado em Agosto de 2021.
https://en.wikipedia.org/wiki/Sinking_of_USS_Housatonic

Rachel Lance et al. (2017, Agosto). “Air blast injuries killed the crew of the submarine H.L. Hunley”. Plos One.
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC5568114/

“Science Overview”. Hunley.org. Site recuperado em Agosto de 2021.
https://www.hunley.org/science-overview/

Rachel Lance. “The Fate of the Submarine H.L. Hunley”. US National Archives.
https://www.youtube.com/watch?v=pb4sfrUvjfc&t=858s

Neil Laird. (2000, Agosto). “History’s Mysteries – Raise The Hunley”. History Channel.
https://www.youtube.com/watch?v=nrqGYsa76uM

Deixe seu comentário

Artigo anteriorCores e sentidos: projeto proporciona inclusão de pessoas com deficiência visual
Próximo artigoCiência na cozinha: 5 coisas que você não fazia ideia