SUBMARINO no FUNDO do MAR: CONSEGUIMOS!!!

publicidade

O submarino no fundo do mar é real e oficial. Depois de quatro anos de uma jornada que demandou muito estudo, esforço e dedicação, podemos dizer que é o fim! Após o projeto ser lançado, inúmeras coisas aconteceram – incluindo uma pandemia – mas o desfecho dessa história não poderia ser melhor.

publicidade

Submarino Ariranha

O desafio de construir um submarino foi lançado no primeiro vídeo de 2018 do canal. No dia 2 de janeiro daquele ano, o vídeo “Como fazer um bicibarco – o barco de 2018 do Manual do Mundo!” foi ao ar com um desafio um tanto quanto audacioso: se ele atingisse a marca de 500 mil joinhas, o barco de 2019 seria um submarino.

Pouco tempo depois, o vídeo atingiu a marca estipulada e a construção do submarino se tornou real. Oficialmente, o primeiro vídeo do canal a abordar a temática foi lançado no dia 14 de fevereiro de 2018.

De lá pra cá, ele foi ganhando vida, formas, cores e até nome. Em julho deste ano, o submarino ficou pronto. Inspirado no Yellow Submarine, dos “The Beatles”, o artista visual Dizing foi o responsável por deixar o projeto ainda mais especial.

Já a escolha do nome não poderia ser ainda mais simbólica. Ele precisava seguir algumas “exigências”: tinha que ser o nome de um animal que consegue nadar e mergulhar muito bem, viesse do tupi – já que os submarinos brasileiros, no geral, têm nome em tupi -, e tinha que ser um nome sonoro e gostoso de ouvir.

Depois de uma longa escolha, o nome do submarino do Manual do Mundo foi cravado como Ariranha! O animal é característico do Pantanal e da bacia do Rio Amazonas, na América do Sul.

Como todos os processos tinham sido concluídos – incluindo testes na piscina e curso de mergulho – só faltava, enfim, o submarino no fundo do mar.

Submarino no fundo do mar

E se é submarino no fundo do mar que vocês querem, é submarino no fundo do mar que vocês vão ter! Para fechar essa história em grande estilo, o local escolhido foi a cidade de Paraty, no litoral do Rio de Janeiro.

Depois de estacionar o submarino no mar, o passo seguinte era submergir. Antes de levar até o local ideal, o Ariranha precisou ser “rebocado” – por conta de espaço e até mesmo comodidade. O momento foi de tensão, tendo em vista que a pressão e a força poderia ocasionar alguma quebra ou fissura na estrutura.

Para garantir toda a segurança necessária e registrar as melhores imagens do submarino no fundo do mar, uma equipe de peso foi designada para acompanhar o desfecho dessa história. Uma série de câmeras e de mergulhadores estavam a postos para acompanhar tudo bem de pertinho!

Quando o submarino enfim chegou ao ponto destinado para submergir, só foi necessário mais algumas conferências para checar se tudo estava funcionando corretamente: e para a alegria de todos, estava! O Ariranha conheceu o fundo do mar.

Com a água cristalina e muitos peixinhos por perto, o grande mergulho foi um espetáculo à parte.

Agora que você já sabe o desfecho dessa história, não deixe de prestigiar e assistir ao vídeo na íntegra para conferir os melhores momentos do submarino no fundo do mar. Aproveite e compartilhe esse vídeo com aquele seu amigo que adora uma aventura histórica!

E reveja toda nossa trajetória!

Deixe seu comentário

Artigo anteriorMÃO CORTADA: Faça sua fantasia de HALLOWEEN
Próximo artigoEstudante desenvolve robô para agricultura familiar visando melhoria e desenvolvimento