FONE de CONDUÇÃO ÓSSEA? Nós testamos!

publicidade

Você já ouviu falar no fone de condução óssea que faz você escutar música por meio de vibrações e sem a necessidade de colocar o aparelho dentro do ouvido? O aparelho pode ser utilizado de várias formas, mas será que ele funciona mesmo debaixo d’água? É o que vamos testar no “Acabou de Chegar”!

publicidade

O que é o som

Para entender como o fone de condução óssea funciona, primeiramente, é importante saber como o som é propagado.

Basicamente, o som é uma vibração que nós conseguimos ouvir. Essa vibração pode acontecer no ar, em algum líquido ou até mesmo em um sólido.

No caso da propagação do som pelo ar, ela acontece da seguinte forma: o som é uma vibração que transmite energia, mas nunca matéria. A velocidade do som altera-se conforme há mudança no meio em que essa onda é propagada. O som é uma onda capaz de propagar-se pelo ar e por outros meios a partir da vibração de suas moléculas.

Como funciona o ouvido humano

E é aí que a função do ouvido é ativada. Existe um órgão interno presente na orelha que é chamado de cóclea. Ela é responsável pela transformação dos sinais acústicos em sinais neurais.

Ao entrar pelo canal auditivo, o ar faz o tímpano vibrar que, por sua vez, estimula a cóclea e faz o cérebro perceber o som. Além dos tímpanos, existe outro mecanismo que pode estimular a cóclea, a vibração dos ossos do crânio.

Nesse caso, quando nós falamos, estamos fazendo vibrar todo o crânio. É essa vibração que chega na cóclea e é por esse motivo que quando ouvimos o som da nossa voz no momento que estamos falando é completamente diferente de quando escutamos uma gravação em algum dispositivo.

Fone de condução óssea

Levando todos esses pontos em consideração, fica fácil entender agora como funciona o fone de condução óssea, tendo em vista que ao invés desse aparelho vibrar o ar, ele vibra diretamente no osso da nossa cabeça e transmite o som de uma forma diferente do que estamos acostumados.

Analisando o fone de condução óssea de perto podemos observar que não existe o tradicional alto falante. Isso porque, o alto falante fica dentro do aparelho para fazer vibrar toda a estrutura e reproduzir o som.

Além disso, o fone de condução óssea conta com pouquíssimos botões: apenas o de ligar, os que controlam o volume, o de play e pause e uma entrada que serve de conexão para colocar as músicas em MP3. Vale acrescentar também que o acessório também vem com a função bluetooth.

Teste com o fone de condução óssea

Para ver se realmente o fone funciona, testamos o aparelho de várias formas. Fora da água e dentro. O resultado foi surpreendente e extremamente positivo. Foi possível ouvir a música perfeitamente e sem prejudicar a qualidade do som.

Agora que você já sabe que o fone de condução óssea funciona mesmo, não esqueça de compartilhar esse vídeo com aquele seu amigo que adora ouvir música e ficar por dentro das novidades!

Deixe seu comentário

Artigo anteriorEstudante desenvolve máscaras biodegradáveis feitas a partir de recursos naturais
Próximo artigoTratamento da asma: jovem desenvolve projeto com princípios da fitoterapia