PLÁSTICO que vira BLOCO que vira LOJA? #Boravê

publicidade

O Brasil foi o quarto maior produtor de lixo plástico do mundo em 2016, com 11,3 milhões de toneladas, superados apenas por Estados Unidos, China e Índia, segundo um levantamento feito pelo World Wide Fund for Nature (WWF). Mas, menos de 2% desse plástico será reciclado. Mas existe um trabalho de logística reversa. Levando isso em consideração, afinal, como é possível um plástico virar bloco de construção e, depois, se transformar uma uma loja?

publicidade

Para entender o processo, fomos até uma cooperativa que executa o trabalho de separação de plástico. #Boravê!

Como é feita a reciclagem

Se você está se perguntando como é feita a reciclagem, a gente te explica agora! O processo, basicamente, começa pela separação dos resíduos pelo consumidor final. Nesse caso, ao comprar algum produto e utilizá-lo, o passo seguinte é simples: separar esse item dos demais.

Para facilitar a reciclagem, uma alternativa é seguir a separação da coleta seletiva. Assim sendo, basta deixar os lixos que são do mesmo material juntos. Dentre estes materiais recicláveis podemos citar os diversos tipos de papéis, plásticos, metais e vidros. O lixo orgânico não deve ser misturado com outros materiais.

Depois que essa primeira separação é feita, esse lixo passa por um gerenciamento da limpeza urbana e termina nas usinas de reciclagem, onde o material reaproveitável será transformado em nova matéria-prima. Além de preservar o meio ambiente, essa ação também gera renda.

Logística reversa

A reciclagem, realizada de forma correta, pode se concretizar em um processo de logística reversa, ou seja, “transforma” aquele material descartado (lixo) em outro produto e/ou com outra finalidade.

No programa do O Boticário, o Boti Recicla, a ideia é justamente conscientizar e ajudar os consumidores a descartar o lixo corretamente, investindo na logística reversa.

Para isso se concretizar, a loja – que é também um ponto de coleta – recebe o produto vazio e eles são depositados em urnas. Com o passar do tempo, esses compartimentos ficam cheios.

Depois, essas embalagens são separadas e, quando um caminhão chega com novos produtos para a loja, ele recolhe esses materiais e os direciona para um centro de distribuição até chegar em uma cooperativa de reciclagem.

Vale ressaltar que esses estabelecimentos aceitam os materiais descartáveis de cosméticos de todas as marcas!

Cooperativa de reciclagem

Essas cooperativas, como apontado anteriormente, vão ser responsáveis por fazer, mais uma vez, o filtro desse material. São nelas que cada embalagem será direcionada corretamente para o seu devido fim.

A ideia é que novos produtos surjam a partir daí. No caso do programa Boti Recicla, existe uma parceria com uma outra empresa para que, ao pegar esse lixo, ele seja transformado em blocos sustentáveis que serão utilizados para construir lojas e espaços escolares sustentáveis por todo o Brasil.

E aí, ficou curioso para entender ainda mais a fundo como é feita a reciclagem de plástico? Assista ao vídeo na íntegra e descubra agora mesmo! Não esqueça de compartilhar esse vídeo com aquele seu amigo que também se preocupa com o meio ambiente!

Deixe seu comentário

Artigo anteriorPlástico biodegradável: projeto busca produzir material a partir resíduos agroindustriais
Próximo artigoGrupo desenvolve trabalho que busca o combate à mosca negra-do-citros