Construímos um submarino: você se lembra como tudo começou?

publicidade

Construímos um submarino, e ele está pronto! Nos últimos três anos, foi possível acompanhar a evolução e o processo dessa construção. No entanto, antes dele ganhar a pintura atual e ser batizado de Ariranha, muitas coisas aconteceram. Agora que ele está prestes a navegar, recordar essas histórias, além de trazer muita nostalgia, também traz um ar de missão cumprida — ou quase.

publicidade
submarino
O vídeo “Como fazer um bicibarco – o barco de 2018 do Manual do Mundo!” foi lançado com o desafio de atingir a marca de 500 mil joinhas | Manual do Mundo

Bora CONSTRUIR UM SUBMARINO?

Esse título aí em cima soa familiar para você? Para quem não se lembra, ele foi lançado no dia 14 de fevereiro de 2018 e é, oficialmente, o primeiro vídeo do canal a abordar a temática. No entanto, antes de falarmos sobre ele, vamos voltar ao início.

Tudo aconteceu no primeiro vídeo de 2018 do canal. No dia 2 de janeiro daquele ano, o vídeo “Como fazer um bicibarco – o barco de 2018 do Manual do Mundo!” foi lançado com um desafio um tanto quanto audacioso: se ele atingisse a marca de 500 mil joinhas, o barco de 2019 seria um submarino.

“O Iberê tinha comentado por cima sobre a promessa, mas ninguém tinha levado muito a sério o que ele iria fazer. Mas a gente estava numa correria muito grande para fazer o bicibarco funcionar e gravar a tempo que isso passou batido”, conta Fernando A. Souza, o capitão mais antigo do Manual Mundo.

submarino
O esboço do submarino feito ainda na fase inicial | Manual do Mundo

“Apesar do Iberê ter pesquisado algumas coisas sobre submarinos caseiros, como os feitos em madeira, não era nada que tivesse dado noção do tamanho da responsabilidade e complexidade do projeto”, pontua Fernando.

E foi preciso apenas pouco mais de um mês para o vídeo alcançar a marca. Em 14 de fevereiro, o Iberê anunciou no canal do Manual do Mundo que o vídeo tinha chegado à meta estipulada na “aposta”, ou seja, meio milhão de pessoas queriam que o desafio fosse aceito: o submarino teria que sair do papel.

submarino
O submarino vem sendo construído desde 2018 | Manual do Mundo

“Esperávamos que as pessoas gostassem da ideia, mas não tanto quanto como acabou acontecendo. No entanto, o vídeo cumpriu a meta de likes que a gente tinha estipulado para começar o projeto muito rápido e isso pegou a gente desprevenido, no sentido de acharmos que teríamos mais tempo para planejar o começo da construção”, explica Fernando, que também é físico formado pela USP.

A princípio, os vídeos seriam organizados no canal do Vlog do Manual do Mundo. A ideia era montar um “diário” que tivesse como foco “construímos um submarino” contando aos poucos o que estava acontecendo, como o projeto estava avançando e quais seriam os próximos passos.

“No começo a gente imaginou que seria mais interessante postar os vídeos no Vlog porque nem sempre os episódios tinham algo grandioso para ser mostrado. Na nossa cabeça eles seriam interessantes só para os mais fãs do canal. Mas, a gente percebeu que mostrar as etapas era interessante para o público e para gente também, porque muita ajuda de especialistas que entraram em contato conosco vieram em consequência dessas publicações”, informa Fernando.

Ariranha
O submarino Ariranha, do Manual do Mundo, vai para o mar em outubro | Manual do Mundo

Afundar é mais difícil que boiar #Sub 1

Como a ideia inicial era fazer um tour por todas as etapas de construção e idealização do submarino, o primeiro vídeo que trouxe uma curiosidade sobre o assunto foi um “Aprendi Hoje”, que teve como tema “Afundar é mais difícil que boiar #Sub 1”.

Nesse vídeo, inclusive, alguns pontos muito importantes são levantados sobre o futuro do submarino: a ideia era de fato fazer algo que ficasse completamente submerso na água, que uma pessoa pudesse entrar, que ele se movesse por meio de algum motor ou mecanismo específico e que ele fosse testado em algum lugar natural, como um rio, um lago ou no mar.

Levando isso em consideração, atualmente, é certo dizer que o desafio do submarino, ao longo desses últimos anos, tem sido fiel a sua proposta original. Isso porque, dentre todas essas expectativas, falta apenas navegar com o submarino e, essa etapa vai ser concluída em breve.

Ariranha
O submarino vai para o mar em outubro deste ano | Manual do Mundo

Madeira, aço ou fibra de vidro? #Sub 2

Ainda seguindo essa linha do tempo, uma das primeiras decisões relacionadas ao projeto foi a escolha do material que seria utilizado para construirmos um submarino. Apesar da fibra de vidro ter sido a grande responsável pelo resultado final que se tem hoje, no começo, outros materiais foram analisados como possíveis alternativas: a madeira e o aço.

Falando primeiramente da madeira, quando ela surgiu como uma possível alternativa, dentre as vantagens, ela tinha alguns pontos fortes como a resistência, já que, no passado, os primeiros submarinos foram feitos nesse material. No entanto, um dos fatores que jogaram contra essa escolha foi a questão da montagem, já que com a madeira não seria possível fazer um submarino tão aerodinâmico porque deixar a madeira arredondada não é fácil.

Ariranha
O submarino é o projeto mais longo do Manual do Mundo | Manual do Mundo

Outra opção era fazer um submarino de ferro, tendo em vista que quase todos os submarinos que existem atualmente são feitos com esse material por conta, principalmente, da resistência. Mas, seguir com essa escolha implicaria em algumas dificuldades como fazer a reciclagem de algo já existente e, a partir disso, criar o submarino. Nesse caso, o projeto não seria tão ergonômico, além de exigir algumas técnicas apuradas de solda.

“A gente fez muita pesquisa para descobrir o melhor material. Em um momento ficamos muito tentados a fazer com metal. O Iberê quase comprou uma banheira de metal, daquelas antigas, pra usar na estrutura. Mas pesquisando e recebendo vários emails de especialistas em embarcações, vimos que a melhor forma era combinar fibra de vidro, madeira e epóxi”, comenta Fernando.

Depois de alguns estudos, levantamentos e debates, a fibra de vidro se tornou o material escolhido para construirmos o submarino. Isso porque, além dela ser tão resistente quanto os demais materiais, ela também permitiria mais liberdade para a construção e idealização funcional e estética do Ariranha.

“O Manual já tinha uma estrutura muito boa para lidar com a parte da marcenaria, e tivemos a ajuda de muita gente boa pra conseguir aprender rápido a usar fibra e epóxi”, detalha Fernando.

Mas essa escolha, de fato, só foi anunciada no #Sub 6 “O submarino vai ser de fibra de vidro!!!”, no dia 4 de maio de 2018.

construimos-um-submarino
Antes de ir para o mar, o submarino foi para a piscina do Manual do Mundo | Manual do Mundo

Construímos um submarino! 

Para Fernando, o momento mais marcante, até hoje, foi o dia em que eles construíram o modelo de papelão em tamanho real. “A gente tinha vários desenhos e estimativas de tamanho, mas foi só nesse dia que a gente teve certeza de tudo. Se o pessoal comparar os vídeos recentes do submarino com esse vídeo da construção dele em papelão vai perceber que ele não mudou quase nada. Eu brinco que a gente fez um trabalho de alfaiate nesse submarino, tudo sob medida para o Iberê.”

Desde então, os vídeos do submarino do Manual do Mundo entraram na grade do canal. O último vídeo do Vlog saiu em setembro de 2019 quando foi lançado “Temos a cápsula do submarino!!!”.

De lá pra cá muita coisa mudou. Atualmente, já são mais de 40 vídeos, um submarino pintado, um nome para chamar de seu e milhares de fãs que aguardam ansiosos o desfecho desse desafio.

construimos-um-submarino
Antes do submarino ir para o mar, outras etapas foram necessárias | Manual do Mundo

Construímos um submarino, e agora?

Para quem está acompanhando toda essa trajetória, a ansiedade está chegando ao fim! Nós construímos um submarino e agora vamos colocá-lo no mar. O grande dia está chegando. Aguardem!

Deixe seu comentário

Artigo anteriorEXPLODIMOS uma VELA na PISCINA
Próximo artigoSUPERCOMPUTADOR CASEIRO: Faça o seu!