Movimento DENTRO da CÉLULA: VEJA AGORA!

publicidade

Planta se mexe? Sim, e nós vamos te provar. Nesta experiência, você vai ver o movimento dentro da célula!

publicidade

Antes de tudo, vamos falar sobre o mito de que as plantas não se movimentam? Talvez tenhamos essa impressão, porque ao nos sentarmos em frente a uma árvore esperando que ela se mexa sozinha, provavelmente, não veremos nada. Isso porque os vegetais crescem e interagem com o ambiente de um jeito muito lento. Para se ter uma ideia, fizemos um timelapse no Manual do Mundo de um feijão nascendo, e todo o processo levou sete dias — quem assistiu ao vídeo do gotejador automático deve se lembrar.

Só para exemplificar, algumas expressões do nosso vocabulário também ajudam a fixar a ideia de que plantas não se movimentam. Quando falamos que ficamos plantados esperando por algo ou chamamos alguém de planta (os fãs de BBB saberão de quem estamos falando), não estamos dando a ideia de muito movimento, certo?

Entretanto, a grande verdade é que a planta se mexe — e mexe muito rápido. O problema está em você, ou melhor, em nossa capacidade de conseguir enxergar esse movimento. Mas nada que a ciência e seus instrumentos incríveis não possam dar uma mãozinha, não é mesmo?

Com a ajuda de um microscópio, aumentamos 600 vezes o nosso poder de “visão” para acabar com o mito da planta paradona de uma vez por todas! O que vamos ver neste vídeo, é o movimento que acontece dentro da célula da planta.

Para esta experiência, usamos uma elódea, que é um tipo de planta de aquário, por conta da espessura fina de suas folhas, facilitando a visualização no microscópio.

Antes de continuarmos a experiência, que tal entender como funciona esse instrumento tão usado em laboratórios?

Aprenda a usar um microscópio

Primeiramente, separe uma amostra do que você quer enxergar e coloque-a entre a lâmina e a lamínula, que são dois pedaços de vidro que irão fixar o objeto em questão.

Em seguida, coloque os vidros em cima da base do microscópio, chamada platina. Esta, por sua vez, possui duas pinças que irão prender a lâmina. Logo acima, teremos a objetiva, isto é, o primeiro conjunto de lentes. É possível trocar a objetiva movimentando o revólver — sim, esse é o nome da peça que rotaciona as lentes.

Já na parte de cima do microscópio, onde iremos olhar, você irá encontrar um conjunto de lentes, a ocular, que pode ser trocada dependendo da necessidade.

Para saber o quanto você está aumentando a imagem, é necessário multiplicar o aumento da ocular pelo aumento da objetiva. Em nossa experiência, por exemplo, usamos uma ocular de 15 vezes e uma objetiva de 40 vezes, resultando em uma ampliação total de 600 vezes.

Acha que acabou? Nada disso! Na parte de baixo do microscópio existe um espelho que ajuda a iluminar de baixo para cima. E para focar, é só girar um parafuso que fica no meio do instrumento e movimenta todo o conjunto óptico.

Agora que você já sabe operar um microscópio, bora ver o movimento da célula?

Tem movimento dentro da célula?

Além de poder enxergar todo o movimento, também conseguimos ver claramente cada célula da folha da elódea. Identificamos as paredes das células que, no caso das plantas, é feita de celulose e também mostramos as “bolinhas” responsáveis pela fotossíntese da planta, o cloroplasto.

O cloroplasto é uma organela da célula. Para quem não sabe, organelas são como se fossem os “órgãos” da célula. E é dentro do cloroplasto que encontramos a clorofila, o pigmento que dá às plantas a cor verde.

Já que o cloroplasto é o responsável pela fotossíntese, isto é, quando a planta recebe luz, pega gás carbônico e água e libera oxigênio, utilizando o carbono para “se alimentar” e crescer, será que não conseguimos ver as bolhinhas de oxigênio saindo da planta? Sim, e nem precisamos da ajuda do microscópio!

Confira no vídeo as imagens incríveis e não se esqueça de compartilhar com aquele amigo que adora uma plantinha.

Deixe seu comentário

Artigo anteriorCientistas evoluem fungo para acabar com parasita de abelhas
Próximo artigoEclipse anular que forma “anel de fogo” ocorrerá nesta quinta-feira
Jornalista multimídia e produtora de conteúdo. Curiosa, gosto de ler de tudo um pouco - de livros gigantes até placas de trânsito. Sou fã dos quadrinhos da Mafalda, e todos meus animais de estimação têm nome de comida. Adoro contar uns contos, mas amarro bem os pontos.