Por que a AREIA da PRAIA SECA quando PISAMOS?

publicidade

Você já ouviu falar, alguma vez na vida, em dilatância? Por mais estranho que pareça, esse fenômeno é muito comum e, provavelmente, já aconteceu com todo mundo que já foi à praia. Ele acontece quando você pisa na areia da praia e ela seca, como se o seu pé estivesse drenando algo. Mas, afinal, por que isso acontece?

publicidade

O que é dilatância?

Basicamente, a dilatância é a propriedade dos fluidos que se tornam mais densos quando submetidos à pressão. Nesse caso, quando você pisa na areia da praia – que está molhada – ela está organizada de um jeito bem compacta, mas, ao receber essa pressão, ela se organiza de outra forma.

E, por incrível que pareça, essa nova forma que a areia é organizada deixa mais espaço entre os grãos do que quando ela está solta – sem pressão. Por isso a sensação que ocorre é de que a areia está sendo “sugada”. Na verdade, ela só está com mais espaço.

Experimento com a areia da praia

E como o Manual do Mundo adora fazer esses testes na prática, claro que não íamos deixar esse fenômeno para a onda levar. Para fazer o experimento com a areia da praia foi preciso reunir os seguintes materiais: um balão de festa, um funil, um canudo, um elástico e um graveto.

A ideia é relativamente simples: colocar a areia dentro da bexiga com o auxílio do funil e do graveto. Depois que ela estiver completamente cheia, basta colocar o canudo em cima, amarrar e completar o restante com água.

Quanto tudo estiver finalizado, você vai ter uma espécie de termômetro de areia. E é aí que o teste entra em prática. Se você apertar essa bexiga cheia de areia e água, o líquido não vai subir e sim descer, justamente por conta do efeito de dilatância.

Agora que você já sabe o que é essa tal de dilatância que acontece com a areia da praia, não deixe de assistir ao vídeo na íntegra e conferir o nosso resultado de pertinho. Aproveite e compartilhe esse vídeo com aquele seu amigo que adora acompanhar os nossos experimentos.

 

Deixe seu comentário

Artigo anteriorO PÁSSARO que BEBE ÁGUA para SEMPRE