Pássaros solitários também gostam de olhar os outros na rua

publicidade

A cena não é incomum. Uma tarde qualquer sem compromissos e bate aquela vontade de sair de casa. Seu amigo pianista está dando aula. Sua amiga professora está tocando piano. Seu vizinho chinês viajou com a família. Então você decide ir para uma pracinha qualquer só pra ficar sentado observando outras pessoas irem para lá e para cá com seus afazeres. E com isso vão-se embora umas boas 2 ou 3 horas do seu já improdutivo dia. Já dizia o cantor de música rock Jim Morrison, people are strange.

publicidade

Mas não são só as pessoas que são estranhas. Uma turma de ornitólogos descobriu que os estorninhos, pássaros conhecidos por andarem em grupo, gostam de observarem seus semelhantes, ainda que não os conheçam.

"Daqui de longe eu finjo que te esmaguei com a ponta do meu bico hahaha ai, ai... ando tão sozinho...."
“Daqui de longe eu finjo que te esmaguei com a ponta do meu bico! Hahaha ai, ai… ando tão sozinho….”

O teste foi assim. Os ornitólogos pegaram alguns estorninhos solitários criados em cativeiro. Os pássaros foram colocados numa gaiola com muita madeira, plantas e água, para simular um ambiente natural. À frente deles, foi colocado um telão sensível ao toque. A cada bicada dos pássaros, era projetada uma imagem de um cenário urbano juntamente com a de um estorninho estranho.

E não é que os pássaros curtiram a atividade? Como foram criados fora de sua natureza gregária, os estorninhos acabaram curtindo muito a ideia de ficarem quietinhos na deles, apenas observando outros estorninhos com seus afazeres diários. Não podemos culpá-los. São pássaros muito bonitos, de fato.

E apostamos que o jogo favorito deles era adivinhar o que cada estorninho fazia da vida 😛

Fonte: Science Magazine

+Por que os pássaros colidem com aviões?

Deixe seu comentário