É possível tingir alimentos com CORANTE AZUL encontrado em repolho roxo?

publicidade

Se você é fã do Manual do Mundo, sabe que o corante azul é o verdadeiro salvador da pátria dos nossos projetos. Mas seria possível tingir seus alimentos favoritos com ele em casa? Para fazer um corante azul natural, você precisará apenas cortar os pedaços de um repolho roxo e ferver. O resultado é um caldo roxo que ficará azul brilhante após a adição de um pouco de fermento.

publicidade

Muitas pessoas conhecem este passo a passo. Porém, pesquisadores têm se esforçado para transformar este ou outros azuis naturais semelhantes em um corante estável e abundante que pudesse ser usado para tingir naturalmente seus doces, refrigerantes e sorvetes, por exemplo. Agora, uma equipe diz que encontrou a solução: e ela está no próprio repolho.

Substituir os corantes sintéticos por naturais não é uma tarefa simples. Isso ocorre porque existem poucos azuis naturais na natureza. Pigmentos chamados antocianinas, incluindo aqueles no repolho roxo, podem produzir uma cor azul. Mas eles não são muito estáveis ​​e têm muitos tons roxos, afirma Pamela Denish, biofísica da Universidade da Califórnia.

Corante azul: O novo estudo

O novo estudo foi realizado por Denish e outros pesquisadores. O objetivo era fazer com que as antocianinas continuassem com sua verdadeira cor azul. Os pigmentos do repolho roxo são uma mistura de moléculas diferentes. Por isso, os pesquisadores focaram em uma molécula considerada promissora, chamada como P2. A mistura dessa molécula com íons de alumínio trouxe complexos de um azul mais forte e estável.

Porém, apenas 5% das antocianinas presentes no repolho roxo são P2 – o que faria com que o processo não tivesse um resultado efetivo. Os cientistas pesquisaram em bancos de dados de enzimas e encontraram uma, por meio de bactérias, que poderia ser útil para converter algumas das outras antocianinas em P2. Segundo o Science Advances, após a descoberta, cerca de metade das antocianinas no repolho roxo podem ser transformadas na molécula P2 azul.

No entanto, produzir o mais novo corante azul não é nada fácil. Com a enzima mutada, os pesquisadores podem extrair apenas cerca de 75 miligramas de azul de 100 gramas de repolho roxo.

O que achou dos detalhes da nova pesquisa? Você já fez corante azul natural em casa? Relembre nosso vídeo em que jogamos batalha naval com ácido:

Fonte: Science Magazine

 

Deixe seu comentário