Aproveite o feriado para ver o cometa Ison

publicidade
Imagem do cometa Ison registrada pela Nasa, em outubro, no Alabama

Temos uma dica para o seu feriado. Prepare o binóculo ou o telescópio, o momento é ideal para você ver o cometa Ison, que está com brilho mais intenso conforme segue seu trajeto em direção ao Sol.

publicidade

A Nasa estima que ele tenha saído há dez mil anos da Nuvem de Oort, ponto limite do nosso sistema solar. De acordo com o físico Eder Ricardo Canalle, o periélio do Ison, que é o momento em que o cometa estará mais próximo do sol, ocorrerá no dia 28 de novembro. O evento poderá causar a sua desintegração.

Até a data da passagem, é esperado que o brilho do Ison fique cada vez mais forte: o seu brilho atual  é de magnitude 4.8 (quanto menor o número, maior a intensidade da luz – o sol, por exemplo, tem magnitude -26, a lua cheia tem -12 e a estrela Sirius, a mais brilhante, tem -4,5). Porém, a numeração tende a baixar entre os dias 16 a 22 de novembro, o que tornará suas aparições mais fáceis de serem observadas aqui do Hemisfério Sul.

Dicas para observar o cometa

O melhor momento para avistar o Ison é na madrugada, por volta das 4h30 (horário de Brasília), pouco antes do nascer do Sol. Canalle afirma que o cometa estará próximo ao horizonte, por isso é necessário estar em um local bem escuro, sem prédios ou montanhas em frente.

É importante manter a visão na direção leste (veja o vídeo para aprender a fazer uma bússola em casa). No Brasil, as melhores regiões para vê-lo serão o Sul e o Sudeste.

Outra boa dica é procurar por Marte, um ponto alaranjado e brilhante, pois o Ison estará muito abaixo dele, do lado direito.

Deixe seu comentário