Para que serve o trenó do submarino?

publicidade

Diferente de um submarino convencional, o do Manual do Mundo apresenta um tipo de armação metálica sob a cabine num formato que lembra um trenó. Qual o sentido dessa armação? Para que ela serve?

publicidade

Como já mencionamos neste artigo, é importante posicionar o lastro na parte de baixo da embarcação para trazer mais estabilidade. Num submarino convencional não é difícil distribuir no fundo do casco equipamentos pesados como motores, compressores, combustível etc. a fim de fazer tal ajuste, mas, no caso do nosso submarino, a cabine já é tão apertada que seria muito complicado colocar peso por dentro dela. Além disso, não dispomos de equipamentos muito pesados para usar de lastro. A coisa mais pesada seriam os motores que estão do lado de fora. Para garantir que ele afunde, precisamos colocar um peso extra em forma de chumbo (como descrito neste artigo) que não caberia dentro da cabine. Claro que você pode perguntar: por que não fazer a cabine maior para caber o chumbo? Quanto maior for a cabine, mais volume interno tem o submarino e maior deve ser o lastro para balanceá-lo. A solução mais simples é colocá-lo do lado de fora.

Mas isso pode atrapalhar?

A armação metálica tem essa função inicial, portanto, de suportar o lastro de chumbo. Ela deve ser vazada para ter o menor volume possível. Um problema em ter essa armação externa é a desvantagem hidrodinâmica – os tubos e caixas criam um arrasto que prejudica um pouco o fluxo de água quando o submarino avança. Entretanto, para velocidades baixas (como é o nosso caso), as perdas hidrodinâmicas são muito baixas, praticamente desprezíveis.

Outra função importante da armação é servir de estrutura para outros componentes que poderemos acoplar, como lanternas, engates, os cilindros de ar comprimido e os próprios motores. Fica mais prático ter uma estrutura metálica com múltiplos pontos de ancoragem para prender o que for necessário.

Por fim, a última função da armação é servir de “pé” para o submarino. Um trenó é útil para empurrar o submarino numa praia, num pier ou num barco. Também criamos um sistema de rodas que podem ser facilmente acoplados e desacoplados do trenó para manejar o submarino em terrenos firmes para transportá-lo mais facilmente.

Os dois motores e as rodinhas acoplados à armação do submarino do Manual do Mundo
Deixe seu comentário